• LinkedIn ícone social
  • Instagram ícone social
  • Facebook Asserttiva
image-5.png

Asserttiva Desenvolvimento Humano
Vintage Office
Estrada do Capuava, 4421, Salas 320 e 321
Granja Viana, Cotia, SP

CNPJ 10.835.147/0001-55


 

©2018 Todos os direitos reservados à Asserttiva Desenvolvimento Humano powered by L.earn! Consulting.

Fidelização e relacionamento com os clientes

Só há uma forma de fidelizar o seu cliente: saber se relacionar com ele. Isso inclui encontrar formas que façam com que vocês se aproximem e assim, criem laços profissionais.



E, este relacionamento acaba sendo um processo a ser executado. Ele inicia no primeiro contato, quando o cliente “compra você”. Para passar uma impressão positiva é muito importante que você estabeça RAPPORT com ele, que significa criar sintonia, entrar em conexão com a pessoa. A primeira forma de criar rapport está também relacionada com uma vestimenta adequada ao ambiente da negociação.


Esta última parte pode parecer estranha, mas é uma das coisas que mais contam. Se você quer passar credibilidade, por exemplo, precisa estar vestido para isso e não apenas saber como e o que falar.


Vendedores insistentes, por exemplo, perdem totalmente as suas possibilidades de fechar negócios já de cara, afinal, clientes fogem deste tipo de perfil. Não cumprem horários,demoram em respostas ou descumprimento de combinados e também não cumprem prazos. Infelizmente, no Brasil, cumprir com o que se promete ainda é um diferencial.


Ainda com relação a este resultado, lembre-se que, conseguir clientes por indicação pode ser uma excelente forma das coisas darem certo e estas indicações aconteceram se, mais uma vez, o seu relacionamento com o seu cliente for exemplar.


O que fazer para melhorar o relacionamento com o cliente?


Existem algumas coisas que podem ser feitas visando melhorar cada vez mais o relacionamento com o seu cliente. É claro que não existem segredos e você também não pode se forçar a ser quem não é só porque é importante para o processo de vendas, até porque, um vendedor forçado não atinge seus objetivos, mas não custa entender o perfil que o vendedor de hoje deve ter, certo?


1. Use a empatia: quantas vezes você já ouviu que deve ser empático? Muitas, eu tenho certeza. Mas agora, deixa eu te fazer outra pergunta: você sabe exatamente o que essa palavra significa? O peso que tem? Ser empático é, em primeiro lugar, se colocar no lugar do outro e, neste caso, este outro é o seu cliente. Você precisa se fazer perguntas como: eu compraria o produto que ofereço? Conseguiria me convencer com a minha estratégia de vendas? A partir destas respostas, é possível compreender se o seu cliente será convencido ou não e o peso que isso tem.



2. Passe confiança para seu cliente: se o seu cliente confiar em você, nenhuma outra estratégia precisará ser pensada ou colocada em prática, pois você já terá o ganho e todas as negociações que oferecer, serão no mínimo avaliadas por ele. Para que esta confiança seja conquistada, invista em estar sempre próximo, mostrar que se importa, conversar, perguntar sobre ele, seu dia, trabalho, problemas. O cliente precisa ver em você alguém em quem pode contar.


3. Entenda o poder do feedback: pedir o feedback para seus clientes em todas as negociações não deve ser uma opção e sim, uma prática necessária. Será este retorno que fará com que você possa avaliar o que vem dando certo, o que precisa ser alterado, como pode fazer e assim por diante. Inclusive melhorias no atendimento em alguns momentos são sugestões recebidas pelos clientes e que podem servir para evitar possíveis problemas futuros, como perder consumidores por conta disso.


4. Mostre ao cliente que você soluciona possíveis problemas: é claro que, como em tudo na vida, algumas vezes, as coisas não sairão do jeito que você espera. Pode ser o produto que não agradou tanto o cliente como você imaginava ou o serviço que você prestou que não gerou resultados. Não importa o que seja, se o feedback foi negativo, há algo que você precisa resolver. Essa resolução nem sempre é possível e às vezes apenas em outro momento isso poderá acontecer, como um desconto na próxima compra, por exemplo.


Imagino que, neste momento, você deve estar se perguntando quais dessas práticas você já coloca em prática e como aprimorá-las ainda mais para que, o resultado que espera seja alcançado. Se este for o seu caso, é hora de começar este planejamento agora mesmo. Para isso, lembre-se de ir por etapas e não tentar incluir tudo de uma vez. Ter muitas metas e objetivos pode te levar a acabar não conseguindo cumprir nenhum.



Asserttiva Desenvolvimento Humano

www.asserttiva.com.br

Telefone: 9 4564-7222

Email: contato@asserttiva.com.br

14 visualizações